terça-feira, 27 de dezembro de 2016

ANALFABETISMO FUNCIONAL DE TERCEIRO GRAU


É evidente que o extremismo fanático de um frustrado tomou o lugar de seu raciocínio.

Por anos este sujeito – que se diz professor mas que apenas ocupa uma sala de aula para doutrinar jovens em suas crenças comprovadamente fraudulentas – vem efetuando verdadeira pregação através de seu blog, sem se preocupar com lógica, coerência ou, ao menos, honestidade intelectual.

Compara Lula á Jesus Cristo ao mesmo tempo em que – sem seus festivais que organizava e ganhava dinheiro – desce o porrete em um governo o qual sorriu amavelmente enquanto ganhou algum.


Ofende, chama gente que não conhece de “nazista” apenas porque não compartilha de sua fé assassina em um sistema que já matou mais de 100 milhões de almas ao redor do mundo; usa os bons sentimentos de todos como propriedade de sua ideologia, fazendo o leitor crer que, se um bom sentimento aflora da notícia que lê em seu blog, é porque ele é socialista e não sabe.

Frauda pesquisas, frauda notícias, torce fatos sem nenhum escrúpulo – e nem precisa ter, pois não é jornalista e nenhum compromisso com a verdade ele tem, mas exige de todos que se alinhem á ele em sua ira interminável contra tudo e todos que possuem ou são algo que ele não tem ou é.

Um caso clínico, o do tal “Banha”.
O artigo que provocou o ódio do rapaz
Com um podre passado em torcidas organizadas de futebol, lá começou a tentar angariar lacaios para sua seita pessoal. Não deu certo, pois provavelmente apanhou mais do que recrutou.

Em Cabo Frio e com um diploma pendurado á duras custas na parede (nestas horas ele defende como ninguém a “meritocracia” que tanto diz abominar), escolheu público mais manso e fácil: os estudantes. E haja paciência para aguentar suas ofensas, seus xingamentos, frustrações, taras e demais podridões ocultas que despeja sem dó em seus escritos.

Não sabe o que é fascismo e chama de fascista todos os que não concordam com seu pensamento.

Ensina história mas dela só sabe a versão vermelha dos livrinhos do Foro de São Paulo.

Se diz democrata mas vive por e para a implantação de uma ditadura bolivariana no Brasil.

Prega o fim do preconceito, mas fala todo o dia sobre o “Clube do Macho” e ainda reduz fatos da cidade á condição de “Fofoquinhas Bibas”.

Diz amar animais, mas sequer lembra-se dos que ele come sem nenhum remorso.

Enfim, o homem é uma fraude.

Acusa terceiros daquilo que passa em sua alma e tenta expiar seus pecados transferindo-os para os outros.

Dado o nivel intelectual primário, o conhecimento sobre história francamente raso e tendencioso que possui e sua nenhuma honestidade intelectual, esta é a última vez que estas páginas se ocupam de tal anacrônica e caricatural figura, pois não há debate ou troca de idéias entre um ser humano e um fanático obcecado.

Sua nenhuma cultura, nenhum bom senso e nenhuma coerência ou verdade de raciocínio não o colocam em condições de formador de opinião e muito menos justificam sua presença em uma sala de aula.

Destas páginas já está banido e de nada adiantarão xingamentos ou calúnias para provocar barraco: a resposta sempre será um eloquente silêncio.

Quanto á seus alunos, Deus e a vida se encarregarão de ensinar as verdades que este senhor cuidadosamente omitiu ou torceu.

Ficam os votos que alguma prefeitura dê-lhe logo um festival de música para ganhar dinheiro, e assim desviar sua atenção para outros assuntos.